As matrículas da Escola Jatobazinho para o ano letivo de 2018 foram feitas em novembro. O processo de matrícula é demorado pois a educadora social Verônica Murillo vai à casa de cada família ribeirinha para recolher a documentação formal exigida. Neste mês o monitor Wanderley Catarino acompanhou as visitas às famílias.